segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Mente e Coração, qual vêm em primeiro? Dúvidas e Experimentos

Minha jornada nessa nossa dimensão 3D (que Seres Superiores já nos informam estar em mudança para 5D) caminha dentro das limitações impostas pelas condições físicas e biológicas, que acredito você também sente.
E nas buscas de se conhecer, mergulhando em nossa Sombra, encontro na grande maioria das fontes que já tive contato, uma interessante relação.
Essa relação indica sempre que existe uma conexão entre Mente e Coração.

E que, o início, o start, o insight, se inicia na Mente.
E depois segue ao Coração.
E assim, poderá então expandir e gerar ações e reações em nossa Vida.
Como um aprendiz, trabalhava com essa orientação.

Porém faz cerca de um ou no máximo dois anos, e já estando nessa prática por mais de 15 anos, parei.

É... parei!

Parei e comecei a pensar se não estaria esse caminho Mente Coração, por acaso invertido.
Será que o caminho é o inverso?
Começa no Coração e vai para a Mente?
Com essa ideia, passei a rever o que até então adotava como base.
E, ainda hoje, isso continua a vibrar.
Uma das razões que me fez parar e rever foi a necessidade de melhor compreender-me como parte integrante do Ser Universo.
E entender porque ainda não consegui atingir alguns alvos básicos.
Por exemplo, uma forma de garantir trabalho e renda.
Amo o que faço.
Mas, até agora, isso não me garante uma renda suficiente.

Ainda outro dia acordei e a mensagem que me chegou foi:
"Por que você ainda não ganha dinheiro suficiente?"
Acordei e desde então venho me observando melhor, para identificar o que está a causar essa dificuldade.

Hipóteses surgem...
Será que veio das Vidas passadas que trouxe comigo e desconheço, mas estão presentes?
Será que são frutos herdados de uma ascendência genética?
Será porque ainda não me libertei por querer Ser e fazer diferente dos demais?
Será que mentalizo e visualizo um futuro, mas não consigo atuar para sua realização?
Será que sou tão orgulhoso que não me considero como os demais?
Ou será que é porque persisto em alguma forma de atuar que preciso me libertar, me desafazer, e deletar essa intenção tão profunda?

Confesso que ainda estou a trabalhar com tudo isso, dentro de mim.
Eis que recebo um email de um familiar e que me fez parar e repensar nisso.
O que tenho recebido de informações sempre me indica que o caminho se inicia na Mente e depois vai ao Coração.
E, com surpresa, o artigo, que segue logo abaixo, me indica que, talvez, seja realmente necessário inverter essa conexão.
Como já estou a vivenciar.
Vamos ao artigo e depois comento o que me ocorre aqui e agora.


"Estrutura do coração é similar à do cérebro, afirmam especialistas"

A ciência moderna tem comprovado o que os antigos acreditavam sobre o coração: 
o coração é o centro de uma sabedoria superior. 
Ele pode realmente se lembrar de coisas e pode funcionar de forma muito parecida com o cérebro.
A estrutura do coração é similar à do cérebro: 
ele tem uma intrincada rede de neurônios, neurotransmissores, proteínas e células de suporte.

“Há um cérebro no coração, metaforicamente falando”.

A informação é do Dr. Rollin McCraty do Instituto HeartMath, uma organização sem fins lucrativos que oferece tratamentos com base na conexão entre o coração e o cérebro.
“O coração contém neurônios e gânglios que têm a mesma função que as do cérebro, tais como a memória. 
É um fato anatômico”, disse ele.

http://www.heartmath.org/

“O que as pessoas não sabem é que o coração envia mais informações ao cérebro do que o cérebro envia ao coração”, McCraty acrescentou.

O Dr. J. Andrew Armour, que cunhou o termo “cérebro coração”, em 1991, também chamou o coração de “pequeno cérebro”.
De acordo com a Escola de Medicina de Harvard, conversações ‘químicas’ entre o coração e o cérebro afetam ambos os órgãos.
Depressão, estresse, solidão, uma perspectiva positiva e outros fatores psicossociais influenciam o coração. 
A saúde do coração também pode afetar o cérebro e a mente.

Pesquisadores descobriram, através da neuro-cardiologia (estudo da conexão entre o cérebro e o coração), que as emoções negativas colocam os ritmos do coração em padrões de ondas cerebrais fora de sincronia.
Respostas de estresse, por exemplo, provocam danos no corpo, contribuindo para hipertensão arterial, desenvolvimento de placas que entopem as artérias, e para mudanças cerebrais que podem contribuir para a ansiedade e depressão, de acordo com a Escola de Medicina de Harvard.

Por outro lado, quando uma pessoa experimenta emoções positivas, os ritmos cardíacos e os padrões de ondas cerebrais são mais harmoniosos e coerentes.

Coração como um centro emocional

O coração, como um órgão, está ligado ao conceito de ter o coração como um centro emocional. 
O coração envia mensagens através de caminhos físicos para o cérebro, que são então interpretadas como emoção.
McCraty explicou:

“O batimento do coração é similar a um código Morse, com essas mensagens refletindo seu estado emocional”.

McCraty trabalhou como psico-fisiologista por quase 30 anos. 
Uma das técnicas que ele trabalha através do Instituto HeartMath é a “respiração focada no coração”.

Ao respirar profundamente, o paciente dirige a atenção para o coração, o que “muda a fisiologia e facilita as mudanças nos ritmos do corpo”, disse McCraty.
O padrão de ondas do cérebro e do coração foram medidas para observar os efeitos desta técnica, mostrando uma grande coerência.

Sinceramente, você vai concordar comigo que isso é incrível, não é mesmo?
Syn! Mostra que a fonte é o Coração.
E que o Coração gera e realiza mais conexões e sinergia com a Mente, do que o oposto.

Então, o momento é de se inverter o caminho interior:
Partir do Coração para a Mente.
Pois ele, Coração, é que rege todo os demais órgãos desse nosso Ser 3D.

E com uma poderosa característica: ele é muito mais um Emissor que um Receptor. 
Portanto, um Canal de Energia Criativa Inteligente em permanente pulsar.

E mais interessante ainda:
Respirar profundamente atinge o Coração.
E assim, busque respirar profundamente.
Mas não enchendo seus pulmões, como imagina ser o correto e syn!
E syn!
Enchendo seu abdomen.

Realize a respiração abdominal profunda.
Veja a figura abaixo, para se orientar e colocar em prática desde já!!

RESPIRAÇÃO ABDOMINAL PROFUNDA
Fontes:
Artigo: CIÊNCIA E TECNOLOGIA Descobertas Estrutura do coração é similar à do cérebro, afirmam especialistas Por Henry Jom, Epoch Times 17.04.2014 às 15:25
Vídeo: YouTube _ canal HeartMathInstitute _ Mysteries of the heart
Imagem: Livro Reflexologia Sexual - o TAO do amor e do sexo - Mantak Chia e W. U. Wei - Editora Cultrix

PS: Se gostou, compartilhe com familiares, amigos e nas redes sociais. Se tiver dúvidas ou queira compartilhar suas sensações, deixe seu comentário e conversamos. Syn! Vibro que aprecie muito!

curta.contate.siga.vamos.juntos
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário